Contos
                                et al.
                                                        luciano bonfim

 

 

                por causa do gato lilás


      Tarsila, uma gata siamesa que conviveu conosco por alguns dias, apaixonou-se pelo ‘gato lilás’ de Aldemir Martins – uma reprodução da tela que possuímos em casa.
      Investiu tudo nesta paixão, estudou sobre o artista e sua obra, incomodou a todos com o seu canto lastimoso e noturno, gastou as unhas arranhando os telhados alheios.
      Não encontrando retorno algum desta paixão, chegou a cometer o suicídio 6 vezes, até decidir-se a pesquisar intensamente sobre arte contemporânea.
      Certa noite, após buscar um diálogo intenso com a eternidade, ainda meio grogue e desolada, saiu para a rua e não mais a vimos.

      Soubemos, algum tempo depois, que ela fora atropelada, e tornou-se uma efêmera intervenção urbana.

 

 

 

 

                príncipe


      Ela me levou tudo mas não assim de uma única vez

 

 

 

 

               conversa entre liquidificadores
           
(110 & 220 v)


-
          Strolexus trunque trunque ?
-
          Solexus ram, rãmi ton xi romi rone rone
-
          Excun latef rof ?
-
          Noc noc! Truum truum
-
          Scrofilus trom rec hum hum rec rec
-
          Baronovisch, skarainifitorefiso ?
-
          Hoh! Srai srai shoc shoc
-
          Hih! Noc noc
-
          Ririri unh
-
          Strolexus lac randun ?
-          Bum scatabumpumbum ôuuu ôuuu hiá bum.
-
          Trum ôuuu ô zig zig zap
-
          Zap zap zun riiiimzum
-
          Oh! Uh.Uh. Oh! Uh. Uh.
-
          Strolexus trunque trunque ?
-
          Solexus ram, rãmi ton xi romi rone rone
-
          ...
-
          ...

 

 

 

 

                  estúpido cupido de giz


“Ando meio desligado  eu nem sinto os meus pés no chão”

      O firmamento é um imenso prato raso, onde todos os canais noturnos do inferno astral convergem para além do firmamento blue:
      Entrego-me de maneira plena às paralelas elétricas da grande corrida astral - elétricas  e extáticas.
      Através do espelho: a busca pela imensidão da estrela que caiu do céu.
      Através do espelho: crer no cálice que em nós não crê, na oração vil que não afaga, na mão que apedreja e dissipa, nos abismos suspensos da Babilônia.
      Do céu que caiu da estrela, estilhaços no espelho:

Baby, vamos pra Babylon?”

      A verdade é só uma: mergulho fundo e a bola passa bem fininha e branca por baixo das pernas do goleiro! Passaria até o perplexo rinoceronte insone que está me esperando no banheiro.

      Outra vez respiro fundo e o rinoceronte se acalenta em minha fantástica urbe.

 

 

 

 

Luciano Bonfim, autor de Dançando com sapatos que incomodam (contos, 2002) e d'As mulheres cegas (teatro, 1999)

 

;:;;

;;:

+ LITERATURA

  )  conto  )  Jorge Pieiro  )  José Arrabal  )   Luciano Bonfim  Nelson de Oliveira

  [  poesia  [  Carlos Pimenta  [  Daniel Glaydson  Eduardo Jorge
 

ADJACÊNCIAS

} artigos } Daniel Glaydson discorda de florianos
Jorge Pieiro discorre consistências

José Arrabal fotografa nossas farsas
Luciano Bonfim superinterpreta feitosas
Manoel R de Lima visita linhas de elida tessler

 

:;;

;;:;

.: editorial :

 Bonfim                    Glaydson                      Pimenta

.: editor de arte :

 Fonteles

.: contato :

 famigerado@famigerado.com